Falo abismos, alastro-me em sonhar


Falo abismos... Alastro-me em sonhar desmedido, cheio de ver explicações... Fervilho em compreensão... Sou todo aéreo de perceber...

Não te entristeças. Eu reinei no que não fui. A abstenção da Carne foi uma coisa heráldica em mim...


Título: Falo abismos, alastro-me em sonhar
Heterónimo: Vicente Guedes
Número: 56
Página: 88 - 89
Nota: [94-95, ms.];;


Edições Virtuais