Os místicos, os esotéricos, e outra gente assim


Os místicos, os esotéricos, e outra gente assim, têm sido sempre, notavelmente, falhas de lucidez, de grandeza intelectual, e de espírito compreensivo e claro. Lúcifer — o que traz a luz — é o mesmo símbolo da negação: a lucidez é a negação. Adoremos a Satanás na sua obra, a Matéria.

O Raciocínio é antidivino por natureza. Por isso devemos amar e cultivar o Raciocínio.


Título: Os místicos, os esotéricos, e outra gente assim
Heterónimo: Vicente Guedes
Número: 112
Página: 114
Nota: TSC-2008 p. 114;
Nota: Apenas Teresa Sobral Cunha inclui este texto no corpus do "Livro do Desassossego". Texto retirado do corpus na edição de 2013.
Testemunhos

Edições dos Peritos


Edições Virtuais