Sou a sombra de mim mesmo


Sou a sombra de
mim mesmo, á pro-
cura d'aquillo
de que é sombra.
      ──────────

Páro ás vezes á beira
de mim proprio e
pergunto-me se sou
um doido ou um mysterio muito
mysterioso


Identificação: bn-acpc-e-e3-133d-1-100_0045_23-R0150
Heterónimo: Não atribuído
Formato: Folha (14.3cm X 9.8cm)
Material: Papel
Colunas: 1
LdoD Mark: Sem marca LdoD
Manuscrito (pencil) : Testemunho manuscrito a lápis roxo.
Nota: , Texto escrito no recto de um sobrescrito (carimbado com a data de 31-10-1912). Apenas Teresa Sobral Cunha inclui este texto no corpus do "Livro do Desassossego". Richard Zenith edita este texo no livro "Escritos Autobiográficos, Automáticos e de Reflexão Pessoal" (2003: 106).
Fac-símiles: BNP/E3, 133D-23r.1
Testemunhos

Edições dos Peritos


Edições Virtuais