Jacinto do Prado Coelho

Tudo se me tornou insupportavel



L. do D.

Tudo se me tornou insupportavel, excepto a vida — o escriptorio, a casa, as ruas — o contrario até, se o tivesse — me sobrebasta e opprime; só o conjuncto me allivia. Sim, qualquer coisa de tudo isto é bastante para me consolar. Um raio de sol que entre eternamente no escriptorio morto; um pregão atirado que sobe rapido até à janela do meu quarto; a existência de gente; o haver clima e mudança de tempo, a espantosa objectividade do mundo...

O raio de sol entrou de repente para mim, que de repente o vi... Era, porém, um risco de luz muito agudo, quasi sem côr a cortar à faca nua o chão negro e madeirento, a avivar à roda de onde passava, os pregos velhos e os sulcos entre as taboas, negras pautas do não-branco.

Minutos seguidos segui o effeito insensivel da penetração do sol no escriptorio quieto... Occupações do carcere! Só os enclausurados veem assim o sol mover-se, como quem olha para formigas.

Teresa Sobral Cunha

Richard Zenith

Jerónimo Pizarro