Jacinto do Prado Coelho

Teresa Sobral Cunha

Todos os dias acontecem no mundo



Todos os dias acontecem no mundo coisas que não são explicáveis pelas leis que conhecemos dos seres. Todos os dias, faladas nos momentos, esquecem, e o mesmo mistério que as trouxe as leva, convertendo-se o segredo em esquecimento. Tal é a lei do que tem [de] ser esquecido porque não pode ser explicado. À luz do Sol continua regular o mundo visível. O alheio espreita-nos da sombra.

Richard Zenith

Jerónimo Pizarro