O Arquivo LdoD é um arquivo digital colaborativo do Livro do Desassossego de Fernando Pessoa. Contém imagens dos documentos autógrafos, novas transcrições desses documentos e ainda transcrições de quatro edições da obra. Além da leitura e comparação das transcrições, o Arquivo LdoD permite que os utilizadores colaborem na criação de edições virtuais do Livro do Desassossego. Inclui ainda um módulo de escrita que, futuramente, permitirá aos utilizadores escreverem variações a partir dos fragmentos do Livro. Deste modo, o Arquivo LdoD combina um princípio representacional com um princípio simulatório: o primeiro consiste na representação da história e dos processos de escrita e de edição do Livro; o segundo consiste na possibilidade de os utilizadores assumirem diferentes papéis no processo literário (ler, editar, escrever), usando a flexibilidade do meio digital para experimentarem o Livro do Desassossego como máquina literária.

 


 

As funcionalidades principais do Arquivo LdoD têm expressão em seis menus diferenciados:

  1. Leitura: leitura da obra de acordo com diferentes sequências;
  2. Documentos: listagem de todos os fragmentos e informação acerca das fontes;
  3. Edições: visualização dos originais e comparação das transcrições;
  4. Pesquisa: seleção de fragmentos de acordo com múltiplos critérios;
  5. Virtual: criação de edições virtuais e suas taxonomias;
  6. Escrita: escrita de variações a partir dos fragmentos [funcionalidade em desenvolvimento].

 

O Arquivo LdoD tem os seguintes objectivos principais:

  1. Facilitar a construção de múltiplos percursos de leitura que explorem a modularidade do Livro do Desassossego;
  2. Permitir a construção de narrativas de composição do Livro do Desassossego, a partir da observação de imagens e transcrições dos documentos autógrafos;
  3. Permitir a construção de narrativas de edição do Livro do Desassossego, a partir da análise comparativa das quatro edições críticas (produzidas entre 1982 e 2012) enquanto modelos de edição;
  4. Modelar a processualidade literária, simulando os de atos de ler, editar e escrever como constituintes dinâmicos da experiência do texto e da linguagem;
  5. Explorar um conjunto de ferramentas de software e de tecnologias informáticas para repensar as práticas textuais herdadas da cultura impressa, incluindo práticas de crítica textual e edição crítica, e práticas de leitura e análise de texto;
  6. Interrogar os horizontes concetuais e materiais do livro na sua relação com a imaginação literária;
  7. Desenvolver um ambiente textual virtual que funcione em múltiplos níveis em simultâneo, incluindo leitura de lazer, estudo e análise, investigação avançada e criação literária.

 

Como citar o Arquivo LdoD?

Portela, Manuel e António Rito Silva, orgs. (2017). Arquivo LdoD: Arquivo Digital Colaborativo do Livro do Desassossego. Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra. URL: https://ldod.uc.pt/




O Arquivo LdoD foi desenvolvido no âmbito do projeto de investigação “Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego” (PTDC/CLE-LLI/118713/2010) do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra (CLP). Projeto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Eixo I do Programa Operacional Fatores de Competitividade (POFC) do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN)—União Europeia (COMPETE: FCOMP-01-0124-FEDER-019715). Financiado ainda por Fundos Nacionais através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia no âmbito dos projetos de “Financiamento Plurianual —Unidade 759”: “PEst-OE/ELT/UI00759/2013” e “PEst-OE/ELT/UI0759/2014”.